O mercado de trabalho está difícil…

O mercado de trabalho está difícil… mas não é preciso exagerar. Há empresas que exigem mundos e fundos para contratar novos colaboradores. Foi contra isso que um desconhecido se revoltou. Leiam o seguinte e-mail que recebi.

Olá amigos e conhecidos!

Estou-vos a escrever este mail (algo que faço com muita raridade) para vos dar a conhecer uma daquelas coisas…

Numa das minhas visitas diárias ao site de emprego “Carga de Trabalhos”, à procura de futuro (leia-se emprego), deparei-me com a seguinte pérola colocada lá por uma empresa que não vale a pena identificar.

“A XXXX está a aceitar candidaturas para estágio na área de Design.

Requisitos Académicos Finalista ou recém-licenciada(o) em Design;

Competências pessoais
– Poder de comunicação;
– Iniciativa;
– Auto-motivação;
– Orientação para resultados;
– Capacidade de planeamento e organização;
– Criatividade.

Competências técnicas Conhecimentos nos seguintes programas/linguagens:
– Adobe Photoshop;
– InDesign;
– Illustrator (FreeHand e Corel Draw), Flash;
– Dreamweaver;
– Premiere;
– AfterEffects;
– SoundBooth;
– SoundForge;
– AutoCAD;
– 3D StudioMax;
– HTML (basic);
– ActionScript 2.0 (basic);
– CSS;
– XML.

Remuneração Estágio Remunerado

Duração 6 meses, com possibilidade de integração na equipa.”

Portanto, e resumindo, esta empresa quer um recém licenciado que saiba de origem 13 softwares e 4 linguagens de programação. Isto é o País em que vivemos.

Não me ficando atrás, perante esta pérola, decidi responder no mesmo estilo. Eis o que lhes respondi:

“Boa Noite,

Estou a entrar em contacto para responder ao anúncio colocado no site ‘Carga de Trabalhos’ para a posição de estagiário em Design.

Chamo-me YYY, tenho 25 anos e sou um recém-licenciado em Design de Equipamento (Fac. Belas Artes de Lisboa).

Sou extremamente comunicativo, transbordo iniciativa e auto-motivação, estou constantemente orientado para os objectivos como uma bússola para o Norte (magnético), sou mais planeado e organizado que o Secretário de Estado de Planeamento e Organização e sou um diamante da criatividade como já devem ter percebido e como vão poder comprovar nas próximas linhas.

Quanto aos conhecimentos técnicos:

– Sou um mestre em Adobe Photoshop;
– Conheço o InDesign por dentro e por fora;
– O Illustrator, Freehand, Corel e o Flash são os meus brinquedos do dia-a-dia, faço o que quiser com eles;
– Nem me ponham a falar do Dreamweaver, até de olhos fechados…;
– Premiere… Até sonho com ele!;
– AfterEffects tem um lugar especial no meu coração;
– Faço umas coisas bem maradas com o SoundBooth e o SoundForge;
– Com o AutoCAD e o 3D StudioMax até vos faço duvidar dos vossos próprios olhos;
– HTML, Action Script 2.0, CSS e XML são as linguagens do meu mundo;

Mas sejamos francos, qualquer estudante de 1º ano sabe de cor e salteado qualquer um destes 13 softwares e 4 linguagens de programação…

Eu sou um recém-finalista. E, como tal, tenho muito mais para oferecer:
– Tenho conhecimentos de Cinema 4D, Maya, Blender, Sketch Up e Paint ao nível de guru;
– Tenho conhecimentos mega-avançados de C+, C, C++, C+ ou -, Java, JavaScript, Ruby on Rails, Ruby on Skates, MySQL, YourSQL, Everyone’sSQL, Action Script 3.0, Drama Script 3.0, Comedy Strip 3.0 e Strip Tease 2.5, Ajax, Vanish Oxi Action, Oracle, Sonasol, XHTML, Batman e VisualBasic;
– Conheço o Office todo de trás p’rá frente assim como o Microsoft WC;
– Domino o Flex ao nível do Bill Gates e mexo no Final Cut Pro melhor que o Steven Spielberg;

Tenho ainda conhecimentos de grande amplitude em 4 softwares que estão a ser desenvolvidos por grandes marcas e também de 3 outros softwares que ainda não foram inventados.

Falo 17 línguas, 5 das quais já estão mortas e 6 dialectos de povos indígenas por descobrir.

Com estes conhecimentos todos estou super interessado num estágio, porque acho que ainda tenho muito para aprender e experiência para ganhar. Espero que, ao fim de 6 meses, tenha estofo suficiente para poder fazer parte da vossa equipa e quem sabe liderá-la.

Fico ansiosamente à espera de uma resposta vossa.
Embora tenha uma oportunidade de emprego na NASA e outra no CERN, espero mesmo poder fazer parte da vossa equipa.

Cumprimentos,
YYY

P.S.: Com um anúncio desses, a pedir o que pedem a um recém-licenciado, é uma resposta destas que merecem. Peço desculpa se feri susceptibilidades, mas não me consegui conter.”

E foi isto…

A resposta foi bem conseguida e é hilariante. É melhor rir para não chorar. Com tantas exigências e demandas praticamente impossíveis de atingir, só oferecem um estágio. E no fim do mesmo… ainda são capazes de oferecer um emprego mal remunerado. Há quem mereça respostas assim.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (6 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votes)
O mercado de trabalho está difícil..., 10.0 out of 10 based on 6 ratings

Comentários

comentários

One thought to “O mercado de trabalho está difícil…”

Os comentários estão fechados.