Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online

Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online: a pequena grande diferença que separa o sucesso do falhanço rotundo. O passo mais importante que devemos ter em conta para alcançar o objectivo desejado.

Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online?
Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online? A diferença entre sucesso e falhanço

Pode não parecer à primeira vista, mas existe uma enorme embora subtil diferença entre as expressões “ganhar dinheiro” e “fazer dinheiro“. Neste artigo explico como aquilo que separa as duas expressões pode significar a vitória ou a derrota no mundo dos negócios online.

Se traduzimos para Português as expressões inglesas “make money” (fazer dinheiro) e “earn money” (ganhar dinheiro), vamos encontrar uma importante questão que todos nós que almejamos ter um site lucrativo online nos devemos colocar: o que vale mais, criar um negócio para fazer dinheiro ou ganhar dinheiro por termos um bom negócio?

Está tudo nos objectivos

Se o único objectivo de um internetpreneur (empreendedor na Internet) for descobrir a técnica infalível de como ficar rico online, as hipóteses de insucesso serão enormes.

Por outro lado, se o nosso objectivo for criar um negócio que tudo faça para deixar os clientes satisfeitos, teremos o caminho aberto para alcançar o sucesso.

A diferença está nos objectivos.
Colocar como lema principal “ficar rico” é bem diferente de nos concentrarmos, em primeiro lugar, em “ter um óptimo negócio”.

Sempre que ficamos obcecados pela meta final, perdemos o discernimento e esquecemo-nos dos passos que temos de dar para chegar lá. E quem se esquece disso, geralmente cai.

O que importa são os visitantes / clientes

Os nossos sites ou negócios online têm obrigatoriamente de ter o visitante ou comprador como elemento fundamental naquilo que escrevemos, produzimos ou vendemos. Se virem, até é bastante óbvio: sem visitas ou interessados não há negócio.

Criar um blog, site ou montar um negócio na Internet onde o único propósito seja fazer dinheiro vai afastar-nos do aspecto mais importante em todos os negócios: satisfazer a nossa clientela.

O caminho deve tem de ser o inverso: abrir um blog, fazer um site ou montar um negócio online que seja interessante, que tenha bom conteúdo, que prima pela qualidade, que se preocupe com a acessibilidade e experiência do utilizador, que esteja bem organizado e pensado, que responda à pergunta ou razão que levou o nosso visitante a entrar no site. Se tudo isso for colocado em primeiro lugar, os nossos visitantes / potenciais compradores vão notar isso de forma consciente ou inconsciente e sentir-se-ão inclinados a permanecer mais tempo no nosso site, a fazer uma compra e até a recomendá-lo aos seus amigos.

Qual é a diferença, de novo?

Penso que olharem bem para os termos “earn” e “make” em Inglês, vão compreender completamente aquilo que vos quero explicar. “Earn” significa “ganhar” e “make” significa fazer. É aqui que reside o busilis da questão.

“Ganhar” remete para conseguir algo como recompensa pelo nosso esforço e investimento, como um prémio.

“Fazer” soa mais a montar, fabricar, juntar peças. É algo mais maquinal, estilo linha de montagem, sem emoção, criatividade ou sentimento.

Quando criamos um site ou negócio devemos ter uma enorme paixão ou um grande interesse pelo tema que ele aborda ou pela área onde ele se encaixa. Devemos construi-lo pensando e colocando-nos no papel de um visitante que chega pela primeira vez às nossas páginas. Será que ele vai perceber de que se trata e encontrar o que procura, será que ele vai saber mexer no site, será que ele entende como está organizado e como funciona? Irá encontrar conteúdo de que gosta? Ou sentir-se-á perdido, não gosta e sai do site para nunca mais voltar?

Se, pelo contrário, só pensarmos em fazer dinheiro é bem possível que inundemos o site de botões do tipo “compre agora”, “faça já a sua compra” e acabemos por assustar a clientela. É bem mais provável que acabaremos por criar um site confuso, mal elaborado, desinteressante e desmotivante para que quem lá está continue, se torne fã ou sequer faça uma compra.

Não pensar no fim e esquecer os meios

Primeira lei do Marketing: «é mais fácil conseguir um novo cliente do que recuperar um perdido».

O nosso caminho deve focar-se nos passos que demos de dar para criar um óptimo site ou negócio online. Ganhar dinheiro deverá ser a meta adiante, no fim dessa maratona. Um prémio, o objectivo final, jamais o primeiro e único objectivo.

Porque se só pensarmos em “fazer dinheiro já” e “ficar rico imediatamente”, estamos logo a querer cortar a meta e ainda nem sequer começámos a correr. Dar passos grandes demais, tem os seus riscos e quem o faz raramente chega ao sucesso.

O primeiro objectivo deve ser tentar dar o melhor de nós, divertirmo-nos, fazermos algo que nos dê prazer, ajudar os outros, contribuir para tornar a Web um local melhor, com informação de qualidade acessível a todos. Devemos ser nós próprios e, sendo-o, haveremos de encontrar uma audiência que nos vai preferir ler / ver e ouvir em relação a outras pessoas que abordem o mesmo conteúdo. (Assim como essas pessoas também terão seguidores que os preferem a eles.) Deve ser essa a nossa principal motivação e é com isso na cabeça que conseguiremos chegar mais longe.

Se estivermos a pensar apenas em fazer dinheiro, quer seja se quisermos ganhar um rendimento extra com os nossos blogs, ou viver dos negócios na Internet, vamos começar a sentir-nos pressionados tal e qual como nos sentimos quando trabalhamos com prazos e stress para um patrão ou empresa.

Acelerar as coisas é quase sempre prejudicial para qualquer desafio ou obstáculo que enfrentemos.

Comprar Likes no Facebook, é um óptimo exemplo. Um “Like” é como um selo de aprovação de uma pessoa por uma publicação ou página (quando se torna seguidor da mesma). A ideia de “comprar” esse reconhecimento distorce toda essa lógica. Como se pode comprar aquilo que uma pessoa gosta ou desgosta? Isso só pode constituir-se como algo falso ou artificial.

Nos negócios, sites e até nos seguidores da nossa página no Facebook as coisas têm de acontecer com naturalidade. Forçar ou tornar mais rápida uma situação é colocar em risco (ou mesmo destruir por completo) todo o nosso esforço e afastar os clientes, visitantes e seguidores que gostam realmente de nós.

É como estarmos nessa longa maratona para a recta final e pedirmos a alguém para nos empurrar a uma velocidade superior. O empurrão pode parecer precioso e vantajoso mas vai custar-nos caro. Logo a seguir vamos reparar que gastámos energia demais e ficámos sem forças para o resto da corrida.

Conclusão

Portanto e para concluir, nunca coloquem o “fazer dinheiro” como o vosso primeiro e único objectivo. É a jogada errada, vão acabar com algo que vai soar a artificial, forçado e falso. As pessoas vão aperceber-se disso. Não vão ter confiança nos vossos sites ou negócios.

E é precisamente a confiança que leva alguém a acreditar em nós e nos nossos produtos. É a confiança que leva tempo a ser construída e não pode ser acelerada nem comprada.

Construir um grande site ou negócio, tornarmo-nos uma referência ou autoridade numa área ou nicho e conquistar a confiança das pessoas é que tem de ser o nosso primeiro objectivo. A parte do “ganhar dinheiro” chegará como consequência de todos estes pequenos e importantes passos, será a recompensa de todo o nosso esforço e virá naturalmente, sem pressas ou empurrões.

E, agora, o que preferem: fazer dinheiro online ou ganhar dinheiro na Internet?

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)
Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online, 10.0 out of 10 based on 1 rating

Comentários

comentários

One thought to “Ganhar dinheiro na Internet ou fazer dinheiro online”

Os comentários estão fechados.